#58 Cientista no Exterior

Se o seu mochilão falasse, o que ele diria sobre ser CIENTISTA NO EXTERIOR?

Quando a gente pensa em sair do Brasil é sempre pra fazer um intercâmbio de línguas ou trabalhar com hospitalidade, mas vocês sabiam que existem brasileiros indo para o exterior para desenvolver pesquisas científicas?

A nossa convidada de hoje, foi pra fora pra se capacitar e ajudar o mundo de formas muitas vezes invisíveis. Já parou pra pensar na trabalheira que é criar um medicamento ou a cura pra alguma doença? Existem brasileiras espalhadas pelo mundo fazendo isso e hoje vamos conversar com uma delas.

TÓPICOS:

– Dá onde surgiu a ideia de estudar microbiologia médica focada em candidíase? Você começou esse estudo no Brasil e levou ele pra fora?

– Como surgiu a oportunidade de ser uma cientista no exterior? Como funciona essa questão de aplicar para Universidades estrangeiras? Conta pra gente sobre o processo.

– Qual diferença você vê entre o trabalho no Brasil e o trabalho no exterior. Tem mesmo toda diferenças tecnológica que a gente imagina?

– Como é a sua rotina como cientista?- Quando acaba um trabalho, você já tem que criar uma nova tese e aplicar de novo, ou fica atrelada à área da sua primeira tese?

– Trabalhando no exterior, o Brasil ganha algum crédito das suas descobertas ou não?

– O que você diria pra quem está pensando em sair do país para desenvolver uma pesquisa?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *