#17 Voluntariado na África – parte 2

Se seu mochilão falasse sobre Voluntariado na África, o que ele diria?

Aqui no Se Meu Mochilão Falasse nós já falamos várias vezes sobre voluntariado. Falamos da experiência em si, das diferentes plataformas, mas hoje a gente vai abordar esse tema de uma forma diferente.

No episódio dessa semana, a gente vai falar hoje especificamente sobre fazer voluntariado no continente africano. Mas não vai ser aquele papinho fácil de “ah, vai na plataforma da Worldpackers, aplica e vai tirar fotos com as criancinhas africanas pro Instagram”.

Não, a gente vai fazer vocês ouvintes pensarem sobre o voluntariado na África e no continente africano em si de uma forma diferente e te colocar no caminho certo pra fazer um voluntariado, ou até mesmo turismo normal, de uma forma responsável.

Se o seu mochilão falasse sobre VOLUNTARIADO NA ÁFRICA, o que ele diria?

Bom dia, galera, está no ar mais um episódio do Se Meu Mochilão Falasse. Hoje estamos abordando o tema do Voluntariado na África mas toda quinta-feira às 7 da manhã, estamos aqui com vocês falando sobre os mais variados tópicos relacionados a viagem.

Às vezes a gente fala sério, como hoje, mas também rimos com nossos perrengues e com as histórias engraçadas de viagem dos nossos convidados.

Falando em convidados, hoje temos 2 convidadas que estão aqui pra compartilhar um pouco mais da vivência e do conhecimento delas sobre o assunto dessa semana que vai dar muito pano pra manga! Então, vamos deixar elas se apresentarem. Com a palavra, Carol Ussier (@carol.ussier).

Vamos apresentar a nossa segunda convidada, Louise Alves (@blogonceuponatrip) conta um pouco sobre você e sua relação com esse tema.

Acho que esse episódio seria impossível de ser feito sem convidados né,  já que eu nunca pisei em continente africano mas o tema de voluntariado responsável é algo que sempre me fascinou porque eu acho que qualquer oportunidade que a gente tem de se colocar numa posição de humildade, de reconhecer que não sabe muito sobre um certo tema é uma grande oportunidade de aprendizado.

E eu acho que muita gente tem muitas opiniões sobre a África como continente mas poucas são as pessoas que realmente param pra entender essa região além daquilo que a mídia ou que os grandes influencers mostram.

A primeira pergunta que eu queria fazer pra nossas convidadas é: quando os seguidores de vocês, ou familiares e amigos, vêm falar com vocês sobre África, quais são as perguntas que eles te fazem, quais são os medos ou preocupações que eles demonstram?

Tópicos abordados nesse episódio:

  • Quais são as motivações que vocês percebem quando as pessoas falam dobre fazer voluntariado na África?
  • As percepções que as pessoas têm de voluntariado na África: quais são as perguntas que mais fazem pra vocês? Quais as preocupações que as pessoas têm?
  • A problemática do voluntariado na África.
  • A vontade de ajudar é suficiente?
  • Casos onde os voluntários desempenham tarefas para as quais não são qualificados, ou quando o voluntário faz uma tarefa que não ajuda a comunidade realmente (caso Renee Bach).
  • Casos de pessoas que não checam as empresas pra quais eles estão voluntariado.
  • Existe uma indústria do voluntariado?.
  • Voluntariados com crianças: apego emocional, vulnerabilidade, objetificaçao das crianças.
  • O voluntariado de Instagram: pessoas usando crianças pra angariar likes, noticias e fatos falsos sobre o continente que atrapalham a imagem do continente e faz com que menos pessoas queiram o visitar.
  • Como visitar a África de forma responsável?
  • Por que não pensamos em voluntariado no nosso próprio pais e ja queremos ir direto pra Africa?
  • Por que não pensamos em fazer turismo no continente africano como pensamos em fazer turismo na Europa ou na America do Sul?
  • O turismo pode ser uma forma de financiar governos corruptos?
  • Por que nos aproximamos da cultura Europeia (Portugal) e nos vemos tao distantes da Africa quando as similaridades sao tao grandes quanto?
  • Recomendações para um voluntariado responsável na África
  • Conteúdos pra galera seguir par aprender mais sobre turismo/voluntariado responsável na Africa: pesquisar muito antes, se questionar, apoiar organizações que já fazem trabalho naquela área, apoiar empreendedores locais fazendo uma viagem normal, usar sua experiência pra voluntariar onde você é útil

Posts recomendados:

Porque você nunca deveria fazer “volunturismo” em orfanatos

Complexo de branco salvador: boas intenções não são o suficiente

Descolonizar o turismo: precisamos refletir sobre isso

Voluntariado no exterior: por que você pode atrapalhar mais do que ajudar

Convidadas desse episódio:

Carol Ussier do @carol.ussier

Vive de maneira nômade há 3 anos. Passou esse tempo todo na África Ocidental. Tem se dedicado atualmente a estudos decoloniais, tanto de maneira mais abrangente (envolvendo a branquitude) como aplicado à dança. É instrutora de salsa, pesquisa a pelve/o rebolado e também o processo de embranquecimento das danças a dois no Brasil e em Cuba.

Louise Alves do @blogonceuponatrip

Formada em Relações Internacionais e mestra em Políticas Públicas, Louise trabalha na área de Desenvolvimento Sustentável e é fotógrafa nas horas vagas (@SayCheeseToLouise). Carioca, virginiana, flamenguista e mochileira. Já rodou por mais de 30 países, muitos deles viajando sozinha. Fez e desfez malas muitas vezes nos últimos 5 anos – morou no México, na Inglaterra, na Índia, na Holanda e no Uruguai. Atualmente está morando na Holanda com o namorado.

Descubra várias dicas de viagem no blog onceuponatrip.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *