#44 Viagem e Empoderamento

Viagem e empoderamento

Se o seu mochilão falasse sobre VIAGEM E EMPODERAMENTO, o que ele diria?

Viajar de maneira geral pode ser uma ferramenta de autoconhecimento pra qualquer viajante. Porém, pra mulher viajante, vai além disso.

Nas nossas viagens, nós descobrimos papeis novos pra gente na sociedade, novas formas de interagir com o mundo e descobrimos que somos muito maiores do que nos fazem acreditar.

Esse podcast é apresentado por 2 mulheres que viajam pelo mundo sozinhas ou acompanhadas, e que já estão chegando numa idade que é considerada velha demais pra viajar. Hoje, vamos convidar mais uma mulher nessa condição pra quebrar esses mitos e muitos outros.

Se o seu mochilão falasse sobre VIAGEM E EMPODERAMENTO, o que ele diria?

Bom dia galera, sejam bem-vindos a mais um episódio do Se Meu Mochilão Falasse, um podcast que fala das vitórias e os perrengues toda quinta-feira às 7 da manhã.

Antes de introduzir a nossa convidada, queria relembrar vocês de interagir com a gente no Instagram @semeumochilãofalasse e deixar suas sugestões de episódio e feedback pra gente.

No nosso grupo do Facebook, Se Meu Mochilão Falasse, também postamos conteúdo extra do episódio pra vocês se aprofundarem mais no tema.

Sem mais delongas, nossa convidada de hoje foi nômade digital por 6 anos e fala sobre viagens na internet há 11 anos. No seu blog Raízes do Mundo, ela fala sobre viagens, espiritualidade e o sagrado feminino. Com vocês, Cris Marques do @raizesdomundo.

Tópicos abordados nesse episódio:

– As diferentes formas de empoderamento em uma viagem (viajar sozinha ou não, aprender a se virar, se descobrir e descobrir o outro, desenvolver empatia por outras mulheres em condições diferentes, etc)

– Desmistificando os mitos de viagem (não é sempre tudo perfeito, solidão, saudades, pessoas desagradáveis que encontramos, sociedades conservadoras, etc)

– O sagrado feminino (Cris explica pra gente esse conceito e como o projeto de vivências dela funciona).

– Viagem e espiritualidade (influência da lua, contato com o sagrado feminino, etc)

– A mulher que viaja aos 30 (como é não estar fazendo aquilo que a sociedade espera da gente, mudanças no estilo de viagem, etc)

– E a mulher que não pode viajar?

A gente pediu pra Cris do Raízes do Mundo fazer uma seleção especial pro podcast dos posts mais relevantes que ela já fez dentro desse e outros temas.

Silicone

Não viajar sozinha, tá tudo bem

Largar tudo e viajar?

Inclusão em círculos de mulheres

Menstruação

Empoderamiento

Caminho certo??

Amor próprio e autoafirmação

Medos

Carta aos homens

Sobre viajar sozinha

A culpa nunca é da vítima

Vergonha do próprio corpo

Convidada desse episódio:

Cris Marques do @raizesdomundo

Cris é formada em Cromoterapia, Aromaterapia, Reiki, Tarô e é iniciada no Caminho Vermelho do Xamanismo e em algumas tradições celtas. Há 11 anos, integra o círculo de mulheres da Teia de Thea, idealizado por Mirella Faur. 

Nos últimos anos, dedica-se a práticas e rituais como facilitadora de círculos de mulheres, em conexão com ritos e saberes tradicionais.

Aprendiz da Filosofia Africana, busca, através do Kemetismo, elementos que possam potencializar os ritos que conduz, honrando também as conexões ancestrais vindouras da Mãe África.   

Cris é viajante, criadora de conteúdo do blog Raízes do Mundo, com foco em destinos no Brasil. Apaixonada pelas manifestações culturais e simbolismos étnicos, mescla o seu aprendizado de ritos sagrados com a pluralidade da tradicionalidade da cultura popular. 

Site da Viagem Vivencial: viagemvivencial.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *